O Rosa desperta diferentes emoções. Ressalta o afeto, a compreensão, o companheirismo e o romance. Está relacionada também a sentimentos ligados ao coração. Uma cor que transmite sensibilidade.

Sensibilidade e arte – estar sensível ao olhar. Foi desta maneira que teve início os encontros mensais, abertos a quem quiser participar, do grupo Vida Rosa. Na noite de ontem (27), junto a artista plástica Magna Sperb e a curadora da Galeria Modernidade, Ana Hauschild, a ideia foi debater sobre o olhar de um artista e como nós podemos olhar a arte.

“Precisamos nos movimentar e fazer o que nos dá prazer”, frase muito utilizada por Magna no decorrer do encontro, significa o real objetivo do grupo: buscar o prazer em atividades que propiciem reflexões em assuntos diferenciados do cotidiano, com pessoas que se importam umas com as outras.

Encontros Rosa Choque - Provoque

Encontros Rosa Choque - Provoque